Chá Preto – Earl Grey

4.8011.70

Ingredientes: Chá preto do ceilão com e aromas de bergamota.

Origem: Índia

Limpar
REF: CHA009 Categorias: , , Etiqueta:

Descrição

História: Conta a lenda milenar, que o imperador Shen Nung – um afamado ervanário – pelo ano 2750 a.C. fez uma viagem pelos domínios da china onde foi inspirado por um novo produto.

Desgastado pelo cansaço da jornada, parou para descansar à sombra de uma arvore. Shen NUng tinha por hábito beber água fervida para saciar a sede. Assim, enquanto segurava uma taça, viu o lampejo de uma brisa soprar algumas folhas secas para dentro da água. Cheio de curiosidade, o imperador milenar decidiu provar a água fervida e transfigurada na sua cor, numa espécie se epifania. Esse terá sido o momento mágico do chá. O imperador percebeu que o sabor era diferente e sentiu uma inexplicável ligação à natureza. Aquelas folhinhas tinham-se desprendido de uma arvore simples e discreta, hoje conhecida por Camellia Sinensis (planta do chá), de cor verde, densa e propensa a climas muito particulares.

Tipo de Chá: Chá Preto (oxidação total)

O chá preto é o mais popular de todos os chás. Distingue-se pela sua oxidação total e pelo facto de as folhas possuírem uma cor preta quando processadas.

Para produzir chá preto as folhas são deixadas a murchar e enroladas causando o esmagamento parcial da folha. Mais tarde são expostas ao ar para dar continuidade ao processo lento e natural de oxidação, fermentação e secagem.

Quanto à sua elaboração, existem dois métodos distintos: o ortodoxo ou tradicional e o CTC (Cut, Tear, Curl ou Cortar, Rasgar, Enrolar). No método ortodoxo, todos os processos são elaborados à mão, ou com a ajuda de pequenas máquinas. No método CTC utilizam-se máquinas complexas e de grandes dimensões, que permitem acelerar todos os processos de produção.

Bergamota: A Bergamota, Citrus bergamia ou laranja-bergamota, é um citrino de pequeno porte, cujos frutos têm forma ligeiramente similar à de uma pera.

Esta espécie está quase limitada à costa da província de Calábria, na Itália, de tal modo que é um símbolo de toda a região.

Também se cultiva na Argentina, no Brasil e no estado norte-americano da Geórgia. Mas, devido à argila, cal e depósitos aluviares que se encontram nos terrenos da zona italiana da Calábria, julga-se que nenhuma outra parte do mundo produza frutos da mesma qualidade.

A sua casca é utilizada para produzir uma essência aromática (ou óleo essencial) que é utilizada na fabricação do chá Earl Grey.

Aspeto geral da infusão: Origina uma infusão muito brilhante, de sabor e cor fortes. Nos chás pretos encontramos uma diversa paleta de sabores, que podem ser mais adstringentes ou suaves, de acordo com a forma, com os métodos e com os terroirs onde são produzidos.

Normalmente sentimos notas amadeiradas, tabaco, malte, passas, cacau, mel, assim como notas florais, frutadas, doces e a especiarias.

Constituintes e Propriedades: O chá preto diminui a sensação de fadiga, auxilia a redução de peso, diminui os riscos de carie dentária, auxilia no processo digestivo, vasodilatador. A bergamota é utilizada para reduzir o stress, combater a depressão, a ansiedade ou a insónia, combate diversos vírus, entre os quais os da gripe.

Precauções: Gravidas e lactentes.

Infusão: 4 colheres de chá para 1 litro de água fervida (75 a 90 graus) e deixar repousar cerca 3 a 4 minutos.

VIEIRA, Maria Ana Silva. “Receitas à Volta do Chá”. Oficina do Livro, 2017

Informação adicional

Peso 100 g

Também pode gostar…